24 ago 2011

Salário mínimo ideal é de R$ 2.212,66

Autor: riccardus | Categoria: Não categorizado
O salário mínimo no Brasil deveria ser de R$ 2.212,66, aponta o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). O valor, quatro vezes maior do que o piso vigente no Brasil – de R$ 545,00, é calculado com base nas necessidades básicas do cidadão e da família.
Em julho do ano passado, o cálculo do salário mínimo ideal ficava em 2.011,03. De acordo com o Dieese, o aumento se deve, principalmente, a alta das taxas de juros e as políticas de controle da inflação, que diminuíram o poder de compra do brasileiro.
O estudo, realizado em 17 capitais, é baseado no valor suficiente para garantir as despesas, como a alimentação, saúde, moradia, educação, transporte, lazer, vestuário, higiene e previdência.
Leia mais: http://www.bancariosbahia.org.br/
24 ago 2011

Dia do Bancário completa 60 anos

Autor: riccardus | Categoria: Não categorizado
O ano de 1951 ficou marcado na história dos bancários. Naquele momento, a categoria decidiu lutar por melhores salários e condições de trabalho. Entre as reivindicações, reajuste de 40%, salário mínimo proporcional e adicional por tempo de serviço. As conquistas, no entanto, não viriam fácil. 

Todas as tentativas de negociação fracassaram e, em 28 de agosto, os bancários decidiram entrar em greve. Somente depois de 69 dias parados, os trabalhadores conseguiram arrancar 31% de reajuste.

De lá para cá, muitas conquistas foram arrancadas dos banqueiros, como o 13º salário, a extinção dos trabalhos aos sábados, PLR (Participação nos Lucros e Resultados), assistência médica, mesa de negociação unificada, tíquete-refeição, licença-maternidade de 180 dias, entre outros.

Bahia
O Dia do Bancário tem um significado especial para os trabalhadores da Bahia. Foi em 28 de agosto de 1904 que nasceu, em Santo Amaro da Purificação, José Mutti de Carvalho, fundador do Sindicato dos Bancários da Bahia (SBBA). Coincidências à parte, o bancário se tornou a mais importante liderança na história do SBBA. 

A CTB-BA promove a partir desta sexta-feira, 26/08, o Encontro dos Estudantes Trabalhadores da Bahia, com programação cultural, esportiva, e trabalhista.

Na abertura estão confirmadas as presenças de Adilson Araújo – Presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Bahia, Cláudio Bastos – Presidente da Fetag, (Representante da nação hip-hop) Reginaldo Oliveira – Presidente da Federação dos Empregados no Comercio da Bahia, e Luciano – presidente da UEB e Javier Alfaia.

Veja a programação:

 

 

Encontro Estudante Trabalhadores da Bahia

26a 28 de Agosto de 2011

Local: Sindicato dos Comerciários e Quadra dos Bancários

Dia 26
Horário Atividades

07h30
Credenciamento dos participantes
Mesa de credenciamento com lista de presença, entrega de crachá e bolsa do encontro

08h30
Café cultural com intervenção do grupo (de Camaçari) de malabares ; Circo sem lona

09h
Mesa de abertura- O Papel da Juventude na construção de um novo plano de desenvolvimento para o Brasil com a presença de Adilson Araújo – Presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Bahia, Cláudio Bastos – Presidente da Fetag, (Representante da nação hip-hop) Reginaldo Oliveira – Presidente da Federação dos Empregados no Comercio da Bahia, Paulo Vinícius – Secretário de Juventude Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras Nacional e Luciano-presidente da UEB e Javier Alfaia

09h50
Mesa Temática 1 – A atuação da juventude no Movimento Sindical Brasileiro
Paulo Vinicius Secretário Nacional da Juventude CTB.

10h20
Mesa Temática 2 – Conselhos e Política Pública Estadual de Juventude

11h30
Mesa Temática 3- Juventude e Cultura

12h
Almoço (Intervenção Artística) Voz e Violão
14h
Realidade dos Jovens com trabalho e Estudo

15h30
Homenagem a Castro Alves – Cabaceiras

16h
Recital de poesia

17h
Apresentação da Cia Recortados e Remendados; A languida Face

27 de Agosto

9h Oficinas:
Teatro
Ritmo/Música
Malabares

12h30
Almoço

13h30
Mostra do Filme “O protagonismo da juventude brasileira” seguido de uma bate papo com Alice Portugal.

16h
Mostras cênica
Mesa Giratória 3 – A juventude em Combate ao o Assédio Moral, Discriminação e Racismo.

17h30
Espetáculo “É Tudo Nosso” Os aristocratas do teatro

18h30 Atrações Músicas

Atração Musical Doublé Deck
Ao quadrado
Representa clan Fumasound
Mão de Fogo

28 de agosto (Ginásio dos Bancários)

08h30 Torneio de Futsal masculino e feminino

12h30 Almoço

14h Torneio de Basquete

Finalização da atividade com um rápido bate-papo com a juventude seguida por apresentação do DJ Gogobyl.

Secretaria da Juventude Trabalhadora da CTB

Pouco depois do anúncio oficial do papa da realização da Jornada Mundial da Juventude de 2013 no Rio de Janeiro, uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostra uma expressiva queda no número de católicos no País.

Leia também:
Intolerância religiosa dificulta aprendizado

O mapa das religiões no Brasil mostra uma queda de 7,26% no número de pessoas que se declararam católicas em 6 anos (passando de 73,79%, em 2003, para 68,43%, em 2009). A pesquisa também apresenta um significativo aumento no número de brasileiros que se declararam “sem religião”: 1,59 ponto percentual, chegando a 6,72% em 2009.

A queda é mais forte entre jovens de 15 a 19 anos, público alvo do evento que será realizado no ano que vem. Católicos nessa faixa etária passaram de 75,22% em 2003 para 67,49% em 2009.

O levantamento também aponta a evolução recente de outras crenças para os grupos sócio-demográficos e geográficos brasileiros. A pesquisa realizou 200 mil entrevistas sobre composição religiosa no final da década passada.

Fonte: Estadão.com

Os bancários já têm dia e horário para sentar à mesa de negociação com a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos). A primeira rodada acontece na terça e quarta-feira da próxima semana, em São Paulo. Os temas a serem debatidos são: emprego e reivindicações sociais.
Outras duas negociações também têm datas definidas. A segunda rodada é nos dias 5 e 6 de setembro, quando serão discutidas as questões relativas à saúde e condições de trabalho. O terceiro encontro é em 13 de setembro. Na pauta, remuneração.
O calendário foi divulgado nesta segunda-feira (22/08), exatamente 10 dias depois da entrega da minuta de reivindicações aos banqueiros. O Comando Nacional se reúne na segunda-feira (29/08) para definir as estratégias das negociações.
A categoria sabe que os bancos não vão dar nada de “mão beijada”, por isso, as manifestações começam a aumentar em todo o país, inclusive nas agências da Bahia. Os bancários têm plena consciência de que o processo negocial só anda com mobilização.
Reivindicações
- Ampliação das contratações
- Fim da rotatividade
- Combate às terceirizações
- Garantia contra dispensas imotivadas (Convenção 158 da OIT)
- Banco para todos, sem precarização
Leia mais: http://www.bancariosbahia.org.br/index.php?menu=noticia&COD_NOTICIA=7171
23 ago 2011

Frei Betto: A Somália, a crise e o grito mudo

Autor: riccardus | Categoria: Não categorizado

A foto do jornal me causou horror. A criança somali lembrava um ET desnutrido. O corpo, ossinhos estufados sob a pele escura. A cabeça, enorme, desproporcional ao tronco minguado, se assemelhava ao globo terrestre. A boca –ah, a boca!–escancarada de fome emitia um grito mudo, amargura de quem não mereceu a vida como dom. Mereceu-a como dor.

Por Frei Betto, em Adital

Ao lado da foto, manchetes sobre a crise financeira do cassino global. Em dez dias, as bolsas de valores perderam US$ 4 trilhões. Estarrecedor! E nem um centavo para aplacar a fome da criança somali? Nem uma mísera gota de alívio para tamanho sofrimento?

Tive vergonha. Vergonha da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que reza que todos nascemos iguais, sem propor que vivamos com menos desigualdades. Vergonha de não haver uma Declaração Universal dos Deveres Humanos. Vergonha das solenes palavras de nossas Constituições e discursos políticos e humanitários. Vergonha de tantas mentiras que permeiam nossas democracias governadas pela ditadura do dinheiro.

US$ 4 trilhões derretidos na roleta da especulação! O PIB atual do Brasil ultrapassa US$ 2,1 trilhões. Dois Brasil sugados pelos desacertos dos devotos do lucro e indiferentes à criança somali.

Neste mundo injusto, uma elite privilegiada dispõe de tanto dinheiro que se dá ao luxo de aplicar o supérfluo na gangorra financeira à espera de que o movimento seja sempre ascendente. Sonha em ver sua fortuna multiplicada numa proporção que nem Jesus foi capaz de fazê-lo com os pães e os peixes. Basta dizer que o PIB mundial é, hoje, de US$ 62 trilhões. E no cassino global se negociam papéis que somam US$ 600 trilhões!

Ora, a realidade fala mais alto que os sonhos e a necessidade que o supérfluo. Toda a fortuna investida na especulação explica a dor da criança somali. Arrancaram-lhe o pão da boca na esperança de que a alquimia da ciranda financeira o transformasse em ouro.

À criança faltou o mais básicos de todos os direitos: o pão nosso de cada dia. Aos donos do dinheiro, que viram suas ações despencarem na bolsa, nenhum prejuízo. Apenas certo desapontamento. Nenhum deles se vê obrigado a abrir mão de seus luxos.

Leia matéria completa clicando no link abaixo:

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=161892&id_secao=2

 

Dois dias depois da entrada em Trípoli dos contrarrevolucionários apoiados pelo imperialismo, o exército líbio detém o controle de “pequenas” áreas da cidade, de acordo com informações divulgadas pelos representantes das forças amotinadas. Já os rebeldes estariam presentes em 95% de toda a cidade.

Ao mesmo tempo em que se discute o que fazer com o presidente Muamar Kadafi no momento em que ele for encontrado pelas forças leais ao Ocidente, os líderes das nações que insuflaram o conflito reconhecem seus fantoches como os novos governantes do Estado norte-africano rico em petróleo.
Leia também:
Franklin Lamb: Acabaram com Kadafi… ou com a Líbia?
Em uma coletiva concedida nesta segunda-feira em Benghazi, epicentro dos protestos e reduto opositor localizado no leste do país, o chefe do Conselho Nacional de Transição (CNT), Mustafa Abdul Jalil, confirmou que a região de Bab al-Aziziya – área onde Kadafi estaria resistindo – e as áreas ao redor do complexo ainda não estão sob controle da oposição em Trípoli.
“Não podemos dizer que os rebeldes detêm o controle completo (da capital)”, disse, acrescentando que “o real momento da vitória será quando Kadafi for capturado”. De acordo com o representante do CNT no Reino Unido, Mahmoud Nacua, a oposição controlaria “95% da capital”, sem oferecer no entanto qualquer evidência para isso, já que as forças amotinadas não superariam em número as tropas regulares do exército líbio.

Guerra de mentiras

O chefe do CNT confirmou a prisão no domingo de dois filhos de Kadafi: Saif al-Islam e Mohammed. Só que a TV Al-Arabiya anunciou que o terceiro filho de Kadafi, Saadi, cuja prisão havia sido anunciada no domingo, foi preso na verdade nesta segunda-feira. Mais tarde, a Al-Jazira informou que o exército ajudou Mohammed, o filho mais velho, a escapar da prisão domiciliar em que era mantido.
Os soldados do exército invadiram o lugar em que ele era mantido prisioneiro e o libertaram após confrontos com os amotinados, disse a emissora catariana.
Potências do Ocidente pressionam o líder líbio para que aceite sua derrubada depois de seis meses de guerra civil. “Muamar Kadafi e seu regime precisam reconhecer que seu governo chegou ao fim”, trombeteou o presidente Barack Obama na noite de domingo.

Leia matéria completa clicando no link abaixo:

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=162080&id_secao=9

23 ago 2011

HOSPITAL TEM FANTASMAS ESTRANGEIROS

Autor: riccardus | Categoria: Não categorizado

Chega-nos uma confidência, tendo por referência o baú da tesouraria do Hospital de Base [de Itabuna]. Apenas como amostragem, foram encontrados fantasmas nacionais e internacionais. Um, de Coimbra, recebia uma “ajuda” de 3 mil reais. Outro, nacional graduado no âmbito profissional, um “adjutóro” de 12 mil.

Há gente que percebe da instituição 30 mil para atender à população e hoje enfrenta a nova gestão do FASI até com ameaças. Não para trabalhar, mas para ver se não perde a “boquinha” de ganhar sem suor e esforço.

Como é lindo viver quando se tem padrinho bom!

Fonte: Revelação da coluna De rodapés e de achados, d´O Trombone e http://www.pimenta.blog.br/

Em 1994, na ocasião da implantação do plano real, o governo criou um índice de indexação da moeda, a Unidade Real de Valor – URV, com o objetivo de controle da inflação. Mas, colateralmente, gerou passivos nos vencimentos dos trabalhadores. No caso dos servidores públicos, a perda foi de até 11,98%. De lá para cá, aqui na Bahia, foi corrigida a distorção para os magistrados, membros do Ministério Público e do Tribunal de Contas, funcionários da Assembleia Legislava, e, com muita luta, em 2006, serventuários da Justiça, após intensa mobilização do SINPOJUD.
Os servidores do Poder Executivo, das áreas como Agricultura, Saúde, Educação, Segurança, Fazenda, Cultura, Administração, dentre outras, não tiveram o seu direito reconhecido pelo governo. No entanto, a justiça baiana vem confirmando a legitimidade do pleito à URV, dando ganho de causa como nos processos do SINDSAÚDE e da APLB. Em instância superior, o processo da AFPEB – Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia (nº 14002922624-2, impetrado na 7ª Vara da Fazenda Pública), que representa o funcionalismo em geral, está no Supremo Tribunal Federal- STF, aguardando julgamento do processo similar de companheiros do Rio Grande do Norte, sob o nº 561836-RN, em vistas do relator Ministro Luiz Fux.
Portanto, é, no mínimo, suspeita, a opinião do secretário da Administração, Manoel Vitório, que classificou, na edição do Jornal Atarde do dia 23/05/2011, a URV como miragem, demonstrando falácia, pois, inclusive, ele próprio recebeu a URV, beneficiando-se da luta dos trabalhadores do Judiciário, de onde ele também é funcionário. Outra mentira do senhor Manoel Vitório, é prolatar que as entidades estão alimentando uma ilusão, chegando ao cúmulo de negar que o governo tem dados técnicos sobre o assunto, ignorando as diversas reuniões dos Grupos de Trabalho, compostos pela própria SAEB e pela PGE.
A luta pelo pagamento da URV continua com mobilizações das categorias, a exemplo dos médicos veterinários, com participação na  Assembleia do Movimento pela URV, dia 25/08, às 9h, no Ginásio de Esportes do Sindicato dos Bancários (ladeira dos Aflitos), quando será definido um dia estadual de luta.

Aproveitaremos para discutir as mudanças no PLANSERV, há muitas dúvidas e não vamos admitir perdas na qualidade de nosso plano e nem aumentos exagerados nos valores cobrados aos servidores.

URV NA RUA, A LUTA CONTINUA CUSTE O QUE CUSTAR!!

Fonte: Sindicato dos Médicos Veterinários da Bahia – SINDIMEV-BA

sindimev@sindimev.org.br  - www.sindimev.org.br

 

 

Lucro dos Bancos – 2010 e 2011. COMPARE:

 

Primeiro Semestre (Em R$ mil)

Banco

2010

2011

Variação

Itaú Unibanco

6.399.142

7.132.508

11,46%

Banco do Brasil

5.076.256

6.289.715

23,90%

Bradesco

4.508.024

5.487.428

21,73%

Santander

3.529.251

4.153.914

17,70%

Caixa

1.667.684

2.274.721

36,40%

Safra

512.239

584.933

14,19%

Total

21.692.596

25.923.219

19,50%