4 fev 2012

Altamiro Borges: ACM Neto faz demagogia com greve da PM

Autor: riccardus | Categoria: Não categorizado

O oportunismo é uma praga na política. Diante da greve dos policiais militares na Bahia, o deputado ACM Neto resolveu dar uma de sindicalista radicalizado. Em entrevista na noite desta sexta-feira (3), o líder dos demos fez duras criticas ao governo estadual. “Ele [o governador Jaques Wagner] deveria reconhecer que, desde que tomou posse, maltrata os policiais”.

Por Altamiro Borges, em seu blog

É muita cara de pau! A oligarquia ACM comandou a Bahia durante décadas, desde o golpe militar de 1964. Nunca fez nada para melhorar os salários e as condições de trabalho dos servidores públicos. Sempre agiu com truculência, nos moldes do “Toninho Malvadeza”, contra as lutas grevistas. O sindicalismo baiano não esquece que foi tratado a ferro e fogo na ditadura de ACM.

O caos na greve de 2001

Vale lembrar um único caso. Em julho de 2001, os policiais militares realizaram uma prolongada greve. Eles foram humilhados e sofreram brutal repressão do governador César Borges, cria de ACM Neto. A Bahia virou um campo de guerra, com a ocupação de quatro dos sete batalhões da PM então localizados na região metropolitana de Salvador. O caos imperou na Bahia.
ACM Neto devia ser mais cauteloso diante da greve dos policiais, que traz insegurança à população da Bahia. Se quer falar sobre as justas lutas sociais, ele deveria condenar o governo de São Paulo, que junta PSDB e DEM, pela covarde desocupação do Pinheirinho. Também devia propor que o DEM retirasse a ação de inconstitucionalidade que move para asfixiar financeiramente as centrais sindicais.

Oportunismo dos demos desesperados

Na entrevista citada, ACM Neto não escondeu o seu maior desejo. “É evidente que Jaques Wagner perdeu totalmente o controle sobre a situação”. Como o DEM sofreu forte desgaste nos últimos anos, ele tenta se aproveitar da greve para desgastar o governo petista e se cacifar eleitoralmente. Teme ter o mesmo destino de outros famosos demos, como César Maia e Marco Maciel, que foram escorraçados pelas urnas.
O governador Jaques Wagner precisa ficar atento às manobras oportunistas da direita. Qualquer atitude intransigente diante da greve da PM só servirá aos intentos dos demotucanos. Como ex-sindicalista, ele sabe do valor da autonomia dos sindicatos e que o melhor caminho é o diálogo. Já o sindicalismo precisa ficar esperto para não fazer o jogo da direita, numa radicalização irresponsável.

Fonte: Vermelho - http://www.vermelho.org.br

 

Uma Resposta em “Altamiro Borges: ACM Neto faz demagogia com greve da PM”

  1. memiux Diz:

    O que eu acho mais engraçado nisso tudo é: 2001 quem apoiou politicamente e financeiramente a Greve foi PCdoB e o PT. Agora vcs falam mal de ACM?? Vão tudo tomar banho seus hipocritas!!! O Estado está um caos por causa da incopetência de vcs! A greve deste ano, em 3 dias apenas, já está muito pior do que a 2011. Em 48 hosras de greve já são 70 homicídios….
    Parem de “vaidades” e vão negociar com os policiais …. PT e PCdoB duas Irmãs Putas da esquerda do brasil!!
    E só de pensar que eu já fui filiado ao PCdoB me dá Nojo!!
    Vcs são uns vermes napolítica brasileira!

Deixe uma Resposta