13 fev 2020

Prejuízos da reestruturação do Banco do Brasil

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria
[Prejuízos da reestruturação do Banco do Brasil]

A reestruturação anunciada pelo BB, o Performa, impõe mudanças no plano de carreira e salários dos funcionários através do desempenho e reconhecimento. Os cortes são estratégias para privatizar o banco. 


Na lista de prejuízos, redução de uma média de 18% do VR (Valor de Referência) das gratificações, extinção de cargos e criação de outros, além da extinção do acréscimo salarial na ascensão do módulo básico para o avançado. 

Gratificação
Como hoje a quantidade de funcionários que não têm gratificação de função é pequena, a maioria será atingida com a redução de remuneração fixa. 

Redução da PLR
O programa pode reduzir a PLR (Participação nos Lucros e Resultados), pois é levado em conta o VR. Além da perda de remuneração mês a mês, perdem o benefício, assim como o valor do FGTS e 13º salário.

Bônus
O bônus oferecido pelo banco se trata de uma verba remuneratória que não se incorpora ao salário e não conta para o cálculo de FGTS, férias e 13º, por exemplo. Por ser um “benefício” decidido sem acordo, pode ser tirado a qualquer momento. 

Meritocracia
Poucos funcionários conseguem cumprir as metas. Com as mudanças, será necessário que cumpram 120% da meta para ganhar o bônus.

Retenção de talentos
A proposta para os funcionários concursados é redução dos salários, com perda de remuneração de até 15%. 

Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta