30 out 2019

Banco do Brasil na mira da privatização, admite presidente da instituição

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria
[BB na mira da privatização, admite Rubem Novaes]

Se o brasileiro sonha em ver o país retomar o crescimento um dia, deve lutar diariamente em defesa das estatais. Essas empresas são responsáveis por políticas públicas que garantem investimentos nas mais diversas áreas, desde educação e saúde até agricultura e infraestrutura. Mas, o governo não está interessado em proteger o patrimônio nacional e deixa claro isso.


O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, afirmou, em palestra para empresários, que a privatização da instituição será inevitável em algum momento. Um sinal do que pode vir por aí muito em breve.


Segundo ele, o posicionamento não reflete o governo. Mentira. Recentemente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse, em visita a investidores nos Estados Unidos, que quer entregar tudo o que for possível. Pouco tempo depois anunciou uma lista de privatizações com 17 estatais.       


Rubem Novaes destacou que o controle do BB pelo Estado impõe amarras que dificultam a competição do BB no mercado. Não para por aí. Ainda afirmou que os bancos privados podem substituir a instituição na agricultura. Uma visão estritamente mercadológica, que beneficia o grande capital privado, em detrimento da função social do banco público. 


Venda pelas beiradas
Na verdade, se analisada a gestão de Rubem Novaes, fica claro que a privatização do BB já começou. Só que pelas beiradas, para não chamar atenção. Recentemente, fechou parceria com a empresa suíça UBS, que ficará com mais de 50% do capital de investimento e corretora. O acordo deve ser assinado até o dia 7 de novembro.


Também está em tratativas com uma “grande empresa de administração de ativos internacional” para realizar parceria semelhante na área de gestão de ativos.

Fonte: O Bancário
 

Deixe uma Resposta