16 maio 2019

Governo anuncia fim das normas de segurança do trabalho

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

Mais uma vez, o presidente Bolsonaro anuncia um pacote de medidas que beneficia apenas os empresários. Por meio das redes sociais, o que mostra o desprezo à nação, disse que até junho vai entregar o projeto que acaba com 90% das NRs (Normas Regulamentadoras) de saúde e segurança do trabalho. Quer dizer, vai abrir caminho para que ocorram mais acidentes.

O Brasil já tem dados assustadores. A cada 49 segundos, é registrado um acidente de trabalho no país. Por ano, são cerca de 700 mil. Desses, 3 mil terminam em mortes e 13 mil ficam com invalidez permanente. 

Entre 2012 e 2018, foram mais de 4,6 milhões de acidentes. O número de óbitos chega a 16.455, segundo dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho. Mas, ao invés de criar políticas que pressionem as empresas a investirem em segurança do trabalho, o presidente quer afrouxar ainda mais.

Bolsonaro diz que “há custos absurdos [para as empresas] em função de uma normatização absolutamente bizantina, anacrônica e hostil”. Nada de explicação baseada em estudo.

As Normas Regulamentadoras foram criadas em 1978, justamente por conta do alto registro de acidentes de trabalho no país. Após pressão das centrais sindicais, que buscavam alternativas para reduzir o número, o governo instituiu em 1996 a CTPP (Comissão Tripartite Paritária Permanente). 

Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta