12 mar 2019

Banco privado discrimina mulher acima de 40 anos

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

A desvalorização da mulher é um fenômeno histórico no mundo e no Brasil, principalmente no mercado de trabalho. No sistema financeiro não é diferente.  Pesquisa do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sociais) mostra que, nos bancos privados, a participação de mulheres no quadro funcional cai 7,8 pontos percentuais após os 40 anos. 

Até os 39 anos, elas ocupam 56,4% dos postos de trabalho e após completar 40, cai para 48,6%. Os bancos insistem em manter uma política de gestão discriminatória. O levantamento foi feito com base nas informações da Rais (Relação Anual de Informações Sociais) 2017.

No mercado de trabalho em geral, levará pelo menos 42 anos para que o salário das mulheres se iguale ao o dos homens. No setor bancário, levaria até 62 anos. Somente em 2085, elas conseguiriam exercer a mesma função, com mesmo salário. Verdadeira violência contra a mulher.

Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta