8 fev 2019

No Brasil, jovens são assediadas todos os dias

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

O Brasil é um país de recordes, ruins. Segundo a pesquisa da ActionAid, 53% das jovens adolescentes entre 14 e 21 anos se preocupam diariamente com situações de assédio. A entrevista foi realizada com meninos e meninas de quatro países. As brasileiras são as que mais se preocupam. O resultado é mais do que o dobro do Quênia (24%) e cerca de três vezes maior do que na Índia (16%) e no Reino Unido, (14%).

Todos os dias, sair de casa é motivo de preocupação. Nos últimos seis meses, oito em cada 10 passaram por essa experiência. A pesquisa caracterizou como assédio: comentários indesejados, impertinentes ou aproximação física, assim como cantadas, assobios, beijos à força, apalpadas, pornô de vingança e depreciação pública ou nas redes sociais.

As agressões variam: assédio verbal representa 41% dos casos, assobios (39%), comentários sobre aparência em público (22%), redes sociais (15%), mensagens com teor sexual (15%), beijo forçado (8%), fotos intimas vazadas (2%). A consciência dos riscos cresce à medida que as meninas ficam mais velhas, é o que sugere a pesquisa. O medo do assédio afeta 41% das adolescentes entre 14 e 16 anos, 56% entre 17 e 19 anos, e 61% entre 20 e 21.

Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta