17 ago 2018

Negros e pardos são maioria entre desempregados

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

A pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) publicada nesta quinta-feira (16/08) pelo IBGE retrata uma realidade desigual no mercado de trabalho brasileiro: os negros e pardos lideram o ranking do desemprego, acima da média nacional.

No segundo trimestre de 2018, segundo a pesquisa, o desemprego entre brancos está em 9,9%, entre pardos em 14,4%, sendo maior ainda na população negra, onde o percentual chega a 15% de trabalhadores sem empregos formais.

Os dados também apontam que o quadro geral de contratações não está tão bom como é divulgado. Existe uma enorme subutilização da mão de obra que trabalha formalmente. No Nordeste, os subutilizados, funcionários que trabalham menos de 40 horas semanais por falta de outra opção, passam de 35%.

Todos esses números são o reflexo do que é visto diariamente nas grandes cidades, onde o número de desempregados cresce a cada dia, as políticas públicas não alcançam a todos e o poder de compra da população alimenta o comércio informal.

Reflete também as mudanças impostas pela reforma trabalhista, que permite a precarização da mão de obra e o chamado emprego intermitente, onde a pessoa é contratada apenas por um curto período de tempo.

Por Rafael Santos.

Fonte: Feebbase

Deixe uma Resposta