27 jun 2018

Trabalhadores estão de olho no Supremo Tribunal

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

Quinta-feira (28/06), o Supremo Tribunal Federal decide a legalidade da contribuição sindical, que corresponde a um dia de trabalho no ano sobre todo empregado, extinta arbitrariamente com a nova legislação trabalhista, feita para atender única e exclusivamente os interesses do capital.

A extinção da contribuição sindical é uma inaceitável tentativa de quebrar a espinha dorsal da organização dos trabalhadores, por atingi-los justamente na autonomia financeira. Bem coerente com o projeto neoliberal, que tenta impor uma visão de mundo de mão única. Só o mercado interessa. Dane-se o ser humano.

A medida representa uma redução drástica nas receitas dos sindicatos. Uma sentença de morte para quase 90% das entidades sindicais. Significa a negação da existência dos trabalhadores enquanto classe social.

O STF, que ultimamente não tem sido fiel à democracia e ao Estado de direito, tem a oportunidade, amanhã, de corrigir tamanha injustiça e conter a sanha do poder econômico. A contribuição sindical é um direito de mais de 75 anos.

Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta