7 mar 2018

Caso Lula: show e ativismo judicial no STJ

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

O fato é o retrato fiel do Judiciário no Brasil pós golpe. Por incrível que pareça, o Superior Tribunal de Justiça anuncia, com estardalhaço, como se fosse um grande espetáculo, a transmissão direta do julgamento, hoje, do habeas corpus preventivo que a defesa de Lula deu entrada no STJ, para tentar evitar a prisão em segunda instância, o que contraria o artigo 5º da Constituição.

Antes, juiz só falava nos autos e se pautava em rigorosa discrição. Mas, hoje os conceitos de decoro mudaram completamente e o modelo adotado é o do justiceiro sensacionalista, bem interpretado por figuras avessas à democracia e ao Estado de direito como Moro, Bretas, Dallagnol e outros figurões do sistema de Justiça, que se julgam  predestinados e acima da lei.

Fazer televisionamento do julgamento de um habeas corpus expõe a torpeza da Justiça brasileira. E o que é pior, a decisão de negar já está tomada pela 5ª Turma do STJ, composta pelos ministros Reynaldo Soares da Fonseca (presidente), Felix Fischer, Jorge Mussi, Ribeiro Dantas e Joel Ilan Paciornik.

Na real, a intenção é tentar demonizar ainda mais o personagem central do caso. Mas, apesar de tudo, Lula continua disparado na liderança em todas as pesquisas da corrida presidencial.

Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta