29 nov 2017

Sobrecarga de trabalho e adoecimento nas agências bancárias

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

A política neoliberal do governo Temer causa um verdadeiro desmonte nos bancos públicos. O projeto perverso prejudica os bancários, que estão sobrecarregados com jornadas de trabalho exaustivas, o que coloca em risco a saúde física e mental.

Um exemplo claro é a agência da Caixa de Pau da Lima, em Salvador, que recebeu a visita dos diretores do Sindicato dos Bancários da Bahia, nesta terça-feira (28/11). Na unidade, que está ameaçada de ser desativada, empregados estafados, impossibilitados de dar conta da demanda.

A agência conta, em tese, com nove funcionários. Mas, apenas cinco estão na unidade, já que duas bancárias estão em licença maternidade e os outros dois estão de férias.

O que é ruim, pode piorar. A unidade poderá sofrer ainda mais com a superlotação, já que a agência de Porto Seco Pirajá está ameaçada de encerrar as atividades. Ou seja, haverá migração dos clientes. Outra situação delicada é a sobrecarga do Gerente de Pessoa Física da unidade, que trabalha em outras funções após as 16h.

O Sindicato está atento e cobra da Superintendência regional da Caixa soluções para os problemas. A saúde dos empregados está em risco.

Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta