11 out 2017

Cobranças excessivas no Banco do Brasil

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

A situação dos funcionários do Banco do Brasil é preocupante. Com a saída de 9.409 bancários, através de PEAI (Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada), piorou o quadro nas agências. A cobrança de metas é excessiva.

Com o déficit de trabalhador, o dia a dia no trabalho é estressante e exaustivo. Além de acumular função e ter de se desdobrar para cumpri-la, o bancário tem de enviar aos superiores relatórios nos turnos da manhã e da tarde, sobre os indicadores de inadimplência. O objetivo é evitar resultados negativos para a instituição. A pressão e o assédio aumentaram consideravelmente, o que eleva o risco de doenças ocupacionais.

O processo de desmonte do BB, imposto pelo governo Temer, se agrava a cada dia. Além de redução no número de trabalhadores e descomissionamentos, agências têm sido fechadas. A população também é prejudicada com a medida. O Sindicato dos Bancários da Bahia tem feito mobilizações em defesa dos bancos públicos e do funcionalismo. O ataque do governo é agressivo.

 Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta