16 mai 2017

Aumentam processos contra os bancos

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

Os bancos, além de lucrarem com a crise e aplicarem juros exorbitantes, respondem por 39% das reclamações nas ações judiciais movidas no campo do direito do consumidor. Os dados são do DPJ/CNJ (Departamento de Pesquisas Judiciárias do Conselho Nacional de Justiça). Segundo a pesquisa, entre 2014 e 2016, os processos envolvendo organizações financeiras aumentaram em dez pontos percentuais.

A elevação da judicialização é um claro reflexo do descaso das empresas com os clientes. Detalhe: o setor bancário é o mais lucrativo da economia nacional, em 2016 colocou nos cofres quase R$ 60 bilhões.

Os bancos, no entanto, alegam aumento de pessoas com conta corrente, que saiu de 56% em 2011 para 68% em 2014. Desculpa esfarrapada. As organizações financeiras sempre arranjam uma maneira de responsabilizar a população.

A pesquisa mostra ainda que as empresas de telefonia e prestadoras de planos de saúde vêm logo em seguida, com 18% e 8% do total de ações na Justiça, respectivamente. A principal queixa está relacionada à responsabilização do fornecedor.

Chega a ser estarrecedor que os bancos atuem em favor do golpe que destituiu a presidenta Dilma, defendam reformas que retirem direitos do trabalhador, cobrem juros alarmantes e ainda forneçam serviços de péssima qualidade.

Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta