24 fev 2017

Cheque-mate de Temer. Ordem é privatizar

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

O Brasil está em crise política e econômica. Os estados estão sem dinheiro e precisam de ajuda. O cenário é o melhor possível para o governo, enfim, consumar o sonho dos neoliberais: privatizar todo o patrimônio público.

Este é o teor do novo projeto de recuperação fiscal que será enviado ao Congresso após o Carnaval.

A intenção é só dar ajuda se houver a contrapartida que pode incluir a privatização de bancos e de empresas de água, saneamento, eletricidade e até cortar aumentos salariais de servidores e a realização de concursos públicos. Ou seja, formalizar o entreguismo público.

O objetivo já tem dado passos no Rio de Janeiro com a venda da Cedae (Companhia de Água e Esgotos) e no Rio Grande do Sul, com o sucateamento do Banrisul.

Mostras de que a mobilização dos trabalhadores pelo país tem de ser cada vez mais intensa. Como a que derrubou o PLP (Projeto de Lei Complementar) 257, que tinha o interesse também de ampliar as privatizações.

Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta