30 jan 2015

Ministra pede retorno da “Lista Suja” do trabalho escravo

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria
A ministra da Secretaria de Direitos Humanos (SDH), Ideli Salvati, defendeu na quarta-feira (28/01), durante encontro da Comissão Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae), o retorno da “Lista Suja”, que relaciona as pessoas físicas e jurídicas flagradas com trabalho escravo e que tiveram oportunidade de se defender administrativamente.
A “Lista Suja” era divulgada no site do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), mas foi retirada do ar por determinação do STF (Supremo Tribunal Federal).
“É fundamental o retorno da publicação da ‘Lista Suja’, pois se trata de ferramenta importantíssima para o combate ao trabalho escravo. Temos uma boa relação com o Judiciário nesta pauta e confiamos que o STF, ao analisar o mérito, irá autorizar a publicação da Lista”, afirmou a ministra Ideli.
Outra finalidade da “Lista Suja” é vetar financiamento de bancos para empresas que mantenham trabalhos análogos à escravidão. A política pública de expor os nomes foi elogiado pela ONU (organização das Nações Unidas).
Ideli Salvati e o ministro do Trabalho, Manoel Dias, pediram ao advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, para acompanhar o tema no STF.
Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta