30 set 2013

Santander rasga CLT e demite bancário na Bahia

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

O Santander desrespeita os brasileiros e também as leis nacionais. Em plena greve dos bancários, o banco espanhol demitiu o superintendente regional na Bahia. A atitude é irresponsável e ilegal, uma vez que o contrato de trabalho fica suspenso no período da paralisação.

De acordo com o artigo 7º da lei de greve (nº 7783/89), é vedada rescisão de contrato durante a greve nacional de uma categoria. Mas, as organizações financeiras não estão nem aí. Quando não demitem, fazem ameaças. Só para pressionar o trabalhador e enfraquecer o movimento legítimo.

O Sindicato da Bahia condena a ação do Santander e afirma que vai buscar explicações da direção da empresa.

Fonte: Seeb-BA

Deixe uma Resposta