31 maio 2013

Precarização do serviço bancário

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

Para tentar driblar a contratação de funcionários e aumentar os lucros através da terceirização de serviços, bancos estimulam a abertura de correspondentes bancários. A ação é um atestado de isenção da responsabilidade em qualificação da estrutura das agências, já que quesitos básicos como segurança, além de eficiência de equipamento e sistema deixam a desejar.

Atualmente, mais de 165 mil correspondentes bancários existem no Brasil. A justificativa para a atração de clientes é a menor quantidade de filas e a facilidade na prestação de serviços. Puro engodo. “O sistema cai toda hora e a gente desiste muitas vezes. Já paguei juros em uma ocasião porque o sistema caiu e não retornou”, afirma a estudante Sirlene Assis, 30 anos. Além disso, há limitação de transações como saques e depósitos.

Fonte: O Bancário

Deixe uma Resposta