30 jan 2013

Prefeitura apresenta proposta e servidores encerram greve

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria
Após exaustiva reunião  hoje  que durou cerca de quatro horas entre o Sindicato dos Servidores Municipais (Sindserv) e os representantes da Prefeitura de Itabuna com mediação do Ministério Público do Trabalho (MPT), finalmente a administração municipal aceitou reduzir o parcelamento para pagamento do salário do mês de dezembro e da parcela do 13º Salário  de 16 para seis vezes. As seis parcelas terão pagamento iniciado no próximo dia 13 de fevereiro, sendo que as outras parcelas serão pagas a cada dia 13 dos meses subsequentes.
Inicialmente, o  Ministério Publico do Trabalho apresentou proposta para o pagamento em até 45 dias, o que foi considerada inviável pelos prepostos da Prefeitura  que alegaram a situação de caos financeiro deixada pelo prefeito anterior. Porém, o representante do Ministério Público condicionou o acordo de pagamento em seis vezes a uma cláusula que prevê reuniões mensais com o Sindserv para que seja avaliada a situação financeira da Prefeitura. Caso a arrecadação  aumente, a administração municipal será instada a rever o acordo e acelerar o restante dos pagamentos.
Assembleia aprova proposta da Prefeitura

Após a reunião, o Sindserv realizou na sede do Ministério Publico do Trabalho assembleia com grande participação dos servidores. Duas propostas foram apresentadas: a do parcelamento em seis vezes conforme resultado da reunião e outra proposta  de levar o pleito da categoria para  apreciação da Justiça. Durante a votação sagrou-se vencedora a proposta oriunda da negociação entre o Sindserv e a Prefeitura de Itabuna com mediação do MPT de redução do parcelamento para seis vezes.
“A nossa luta não se encerra aqui. Estaremos sempre atentos  na arrecadação  municipal e esperamos sensibilidade do executivo para regularizar o mais rápido possível as demandas com a categoria”, afirma Karla Lúcia, presidenta do Sindserv.
Fonte: A Voz do Servidor –  http://sindservidoresctb.blogspot.com.br

Deixe uma Resposta