28 set 2012

Acaba a greve no Banco do Brasil e no BNB‏

Autor: riccardus | Categoria: Sem categoria

Os funcionários do Banco do Brasil já tinha decidido em assembleia na tarde de ontem quinta-feira, 27 que aceitariam a proposta da Fenaban e a específica do Banco e retornariam ao trabalho nesta sexta-feira, dia 28.

BNB:

Em assembleia os funcionários do Ceará aprovaram a nova proposta do BNB, durante rodada de negociação com o Comando Nacional dos Bancários.

O banco afirmou que segue a proposta feita pela Fenaban, ao contrário de anos anteriores, além de aceitar alguns pontos da minuta de reivindicações específicas dos funcionários do BNB.

ITABUNA – em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (28), na sede do Sindicato os bancários do BNB seguiram decisão dos bancários do Ceará e aceitaram a proposta do banco e retornam ao trabalho em Itabuna e Camacan. Veja como ficou a proposta:

PLR – Distribuir até 9% do lucro líquido do banco, conforme autorização do DEST, seguindo a regra proposta pela Fenaban (90% do salário + R$ 1.540,00 fixos), não limitado ao montante de R$ 8.414,34.

Distribuir 2% do lucro líquido de forma linear a título de PLR adicional e 3% do lucro líquido, também de forma linear, a título de PLR Social.

Piso – Os contratados como analistas bancários ingressarão com remuneração mínima de R$ 1.892,00, definida como salário de ingresso. Após 90 dias, os empregados que em 01.09.2012 estiverem recebendo salário de ingresso migrarão para a referência Analista Bancário 3.

PCR – O BNB se comprometeu em buscar uma solução para a revisão do plano junto ao Dest, defendendo a proposta construída no grupo de trabalho. Também garantiu que vai estabelecer calendário de negociação com a Comissão Nacional.

O banco ainda abrirá 32 novas agências até  o fim do ano e contratará 300 novos funcionários. Também ampliará a licença paternidade de 5 para 10 dias, período de amamentação de 6 seis para 9 meses, aceitou a cláusula de implantação do Ponto Eletrônico em 2012, colocação de biombos, dentre outros pontos.

O BNB ainda prometeu assinar o Acordo Coletivo, dia 8 de outubro, pagar a diferença dos salários de setembro, dia 25 de outubro, pagar o adiantamento de PLR, dia 22/10, a 13ª cesta-alimentação e a diferença dos auxílios refeição e alimentação no 1º dia útil de novembro.

Deixe uma Resposta